ECONOMIA SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL SUSTENTÁVEL: UM ESTUDO DE CASO EM UM SISTEMA DE AGRICULTURA FAMILIAR

Autores

  • Adriana Silva Oliveira Arruda UFLA
  • Fátima Regina Ney Matos
  • Diego de Queiroz Machado
  • Christian Darlio Brito Arruda

Resumo

Com o intuito de explorar as relações existentes entre os sistemas de agricultura familiar e os empreendimentos de economia solidária,
principalmente no âmbito dos princípios de desenvolvimento sustentável, esta pesquisa foi realizada com o objetivo de analisar
a dinâmica das dimensões características de um empreendimento de economia solidária em um sistema de agricultura familiar,
sendo eles: autogestão; democracia direta; participação efetiva; ações de cunho educativo; cooperação no trabalho; e distribuição
igualitária dos resultados e benefícios. Quanto à metodologia da pesquisa, optou-se pela realização de um estudo de caso qualitativo
na Associação de Aquicultores e Pescadores Artesanais de Guassussê, localizada no interior do estado do Ceará. Desse modo, foi
possível perceber não apenas a presença das dimensões analisadas, mas também as suas relações e efeitos. Por fim, ressalta-se que
a Associação em questão se configura em um empreendimento digno de reconhecimento, tendo encontrado soluções objetivas e
criativas para problemas que assolam o nordeste cearense, de maneira autogestionária, autônoma e pioneira.

Downloads

Publicado

2015-08-24

Como Citar

ARRUDA, A. S. O.; MATOS, F. R. N.; MACHADO, D. de Q.; ARRUDA, C. D. B. ECONOMIA SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL SUSTENTÁVEL: UM ESTUDO DE CASO EM UM SISTEMA DE AGRICULTURA FAMILIAR. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 17, n. 2, 2015. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/990. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos