A EXPANSÃO DA CANA-DE-AÇÚCAR E SEUS IMPACTOS SOBRE A SEGURANÇA ALIMENTAR

Rafael Forest, Jaqueline Severino da Costa

Resumo


O impacto da produção de cana-de-açúcar versus produção de outros alimentos vem sendo discutido em âmbito global, enfatizando
a equidade no uso da terra na oferta destes produtos – alimentos e combustíveis. Essa abordagem interfere ainda na composição da
estrutura fundiária em que abriga os produtos ofertados e demandados pelos indivíduos. Nesse sentido, o objetivo dessa pesquisa
foi analisar se a mudança no uso da terra - alimentos por bicombustíveis - afeta a segurança alimentar. Para alcançar o objetivo
proposto, foi utilizado o modelo Shift-Share, que dispõe examinar as culturas que têm a aptidão de substituir determinadas lavouras.
Na sequência, realizou-se a Correlação de Spearman com intuito de averiguar a relação entre as culturas. Adotou-se ainda indicadores
de especialização e uma análise de série histórica da formatação do número de estabelecimentos e suas áreas a fim de acompanhar
a evolução da estrutura fundiária. Os resultados mostraram que embora a expansão da cultura de cana-de-açúcar no estado de Mato
Grosso do Sul tenha afetado as áreas de produção de alimentos, ainda não compromete a segurança alimentar.


Palavras-chave


Uso da Terra. Segurança Alimentar. Bioenergia.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

Organizações Rurais & Agroindustriais - Revista Eletrônica de Administração da UFLA

ISSN: 2238-6890 (edição on-line)


Universidade Federal de Lavras - UFLA - Departamento de Administração e Economia
Campus Universitário - Cx. Postal 37 - CEP 37200-000
Lavras - MG - Tel.: 35 3829 1441
Comentários e sugestões: revistadae@dae.ufla.br

Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados