FATORES CONDICIONANTES DA GESTÃO DE RISCOS DE CAFEICULTORES DO SUL DE MINAS GERAIS

Autores

  • Cássio Henrique Garcia Costa UFLA
  • Luiz Gonzaga de Castro Júnior
  • Cristina Lelis Leal Calegario
  • Fabrício Teixeira Andrade

Resumo

O objetivo principal deste estudo é verificar as práticas adotadas pelos produtores de café para gerenciar riscos, bem como, identificar
quais são os fatores condicionantes da gestão de riscos dos cafeicultores do Sul de Minas Gerais. A metodologia utilizada baseia-se
na estimação do modelo logit binomial. Conclui-se que apesar do grande potencial de auxílio ao processo de gestão das propriedades
cafeeiras a gestão de riscos não faz parte da realidade da maioria dos cafeicultores estudados. Ainda é pequeno o número de
produtores que realizam a gestão financeira e menor ainda o percentual que planeja a comercialização da produção e que se utiliza
de ferramentas ligadas ao mercado futuro. Os principais fatores condicionantes do gerenciamento de riscos dos cafeicultores do Sul
de Minas Gerais são a escolaridade, o número de funcionários contratados, e a adoção da tecnologia da informação. Aumentos da
renda e da produtividade, a diversificação das atividades nas propriedades e a participação em cursos e treinamentos também são
positivamente relacionados à gestão de riscos.

Downloads

Publicado

2015-05-15

Como Citar

COSTA, C. H. G.; DE CASTRO JÚNIOR, L. G.; CALEGARIO, C. L. L.; ANDRADE, F. T. FATORES CONDICIONANTES DA GESTÃO DE RISCOS DE CAFEICULTORES DO SUL DE MINAS GERAIS. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 17, n. 1, 2015. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/948. Acesso em: 17 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos