INTERAÇÕES DE ESTADOS UNIDOS E BRASIL NO MERCADO MUNDIAL DE SOJA EM GRÃO: UMA ANÁLISE DINÂMICA BASEADA NAS TRAJETÓRIAS ESTOCÁSTICAS DAS EXPORTAÇÕES

Autores

  • Andressa Lemes Proque Universidade Federal de Viçosa
  • Francisco Carlos da Cunha Cassuce Universidade Federal de Viçosa
  • Evaldo Henrique da Silva Universidade Federal de Viçosa

Palavras-chave:

Brasil, EUA, soja em grão, oligopólio, trajetórias dinâmicas

Resumo

Apresentando-se como um dos principais produtos de exportação do Brasil, a soja em grão é grande responsável pela geração de divisas e emprego na economia brasileira. O mercado internacional desse bem apresenta dois grandes produtores e exportadores: Brasil e Estados Unidos da America (EUA). Buscou-se, no presente trabalho, analisar como as exportações de um dos países eram afetadas pelas exportações de seu concorrente. Para isso, inicialmente verificou-se que o mercado mundial de soja em grão poderia ser caracterizado como um oligopólio e que, sendo assim, poder-se-ia aplicar o modelo de Duopólio de Cournot. A partir daí, aplicou-se a metodologia de Vetores Autorregressivos para captar as relações entre as exportações de soja em grão de Brasil e EUA. A partir dos resultados, através da técnica de simulação, traçou-se a trajetória estocástica de ambas as exportações, o que possibilitou verificar como um país reagiria a decisões do seu concorrente, considerando também a existência de choques totalmente aleatórios. As simulações mostraram que inicialmente a exportação de um país é afetada negativamente, mas com o possível intuito de recuperar sua parcela de mercado, o país afetado reagiria aumentando suas exportações em períodos subsequentes. O Brasil realizaria muito mais esforço para se manter no topo do mercado do que os EUA. Finalmente, ambos os países se alternam na liderança do mercado, ao longo do tempo.

Downloads

Publicado

2015-01-06

Como Citar

PROQUE, A. L.; CASSUCE, F. C. da C.; DA SILVA, E. H. INTERAÇÕES DE ESTADOS UNIDOS E BRASIL NO MERCADO MUNDIAL DE SOJA EM GRÃO: UMA ANÁLISE DINÂMICA BASEADA NAS TRAJETÓRIAS ESTOCÁSTICAS DAS EXPORTAÇÕES. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 16, n. 4, 2015. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/896. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos