DETERMINANTES DA RENDA FAMILIAR NO ESPAÇO RURAL: UMA REVISÃO

Flávio José Simioni

Resumo


O artigo em questão tem por objetivo analisar um conjunto de fatores determinantes para a formação de renda das famílias rurais e seu nível de reprodução. Parte-se de uma pesquisa bibliográfica referente às indicações de estudos recentes que demonstram as transformações no espaço rural brasileiro, com a crescente diversificação das formas de ocupação das pessoas e alterações nas fontes de renda da família, tornando-as pluriativas. Diante desta nova dinâmica, resultante do aumento das ocupações não agrícolas, o foco de análise centrado na unidade de produção não mais contempla a necessidade de compreensão dos fenômenos atuais. Assim, as avaliações da reprodução social e econômica devem considerar a família como unidade de análise e suas inter-relações com a unidade de produção e o ambiente externo. Destaca-se que a renda familiar é resultado de diferentes formas de ocupações e atividades desenvolvidas pelos seus membros em decorrência de uma estratégia familiar definida a partir das relações estabelecidas no âmbito da unidade de produção, do mercado e do ambiente externo, que definem seu nível de reprodução. Trata-se de um esforço de proposição e síntese teórica que considera as inter-relações que ocorrem entre a família no âmbito rural e urbano, no intuito de explicar as diferentes origens da renda e sua estratégia de reprodução familiar.


Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

Organizações Rurais & Agroindustriais - Revista Eletrônica de Administração da UFLA

ISSN: 2238-6890 (edição on-line)


Universidade Federal de Lavras - UFLA - Departamento de Administração e Economia
Campus Universitário - Cx. Postal 37 - CEP 37200-000
Lavras - MG - Tel.: 35 3829 1441
Comentários e sugestões: revistadae@dae.ufla.br

Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados