DETERMINANTES DA RENDA FAMILIAR NO ESPAÇO RURAL: UMA REVISÃO

Autores

  • Flávio José Simioni Universidade do Estado de Santa Catarina

Palavras-chave:

Renda familiar, pluriatividade, família rural

Resumo

O artigo em questão tem por objetivo analisar um conjunto de fatores determinantes para a formação de renda das famílias rurais e seu nível de reprodução. Parte-se de uma pesquisa bibliográfica referente às indicações de estudos recentes que demonstram as transformações no espaço rural brasileiro, com a crescente diversificação das formas de ocupação das pessoas e alterações nas fontes de renda da família, tornando-as pluriativas. Diante desta nova dinâmica, resultante do aumento das ocupações não agrícolas, o foco de análise centrado na unidade de produção não mais contempla a necessidade de compreensão dos fenômenos atuais. Assim, as avaliações da reprodução social e econômica devem considerar a família como unidade de análise e suas inter-relações com a unidade de produção e o ambiente externo. Destaca-se que a renda familiar é resultado de diferentes formas de ocupações e atividades desenvolvidas pelos seus membros em decorrência de uma estratégia familiar definida a partir das relações estabelecidas no âmbito da unidade de produção, do mercado e do ambiente externo, que definem seu nível de reprodução. Trata-se de um esforço de proposição e síntese teórica que considera as inter-relações que ocorrem entre a família no âmbito rural e urbano, no intuito de explicar as diferentes origens da renda e sua estratégia de reprodução familiar.

Downloads

Publicado

2014-01-30

Como Citar

SIMIONI, F. J. DETERMINANTES DA RENDA FAMILIAR NO ESPAÇO RURAL: UMA REVISÃO. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 15, n. 3, 2014. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/737. Acesso em: 23 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos