FATORES IMPULSIONADORES E INIBIDORES DE COMPETITIVIDADE: UM ESTUDO DOS AGENTES DA CADEIA PRODUTIVA DA CARNE SUÍNA NO RIO GRANDE DO SUL

  • Jorge Oneide Sausen Universidade de Ijui
  • Ariosto Sparemberger Universidade de Ijui

Resumo

Este estudo teve como objetivo identificar os fatores impulsionadores e inibidores da competitividade dos agentes do sistema agroalimentar da carne suína. A pesquisa é de natureza qualitativa e se apropria do método exploratório descritivo. No que tange à coleta de informações, utiliza dados extraídos da investigação de campo, por meio de questionário aberto semiestruturado. Para a análise e tratamento dos dados utilizou-se o método da análise de conteúdo. Os resultados revelam que os principais elementos impulsionadores da competitividade estão relacionados com a estratégia competitiva da integração entre produtores e indústria frigorífica, que oferece benefícios, sobretudo em termos de coordenação da criação e abate dos animais, melhoria do controle dos insumos e da produção e redução dos custos de transações. Os principais elementos inibidores, por sua vez, relacionam-se às restrições, importações, à cultura de desconfiança da carne suína, às alterações nos preços dos insumos, à reduzida oferta do número de cortes para o mercado interno e à diminuição no valor do preço do quilo dos animais. Além disso, a pesquisa enfatiza a importância da interdependência dos elementos constitutivos da cadeia como fator determinante para a competitividade global do sistema produtivo.
Publicado
24-10-2013
Seção
Artigos