EFICIÊNCIA DOS MERCADOS DA SOJA NO BRASIL (2004-2010)

Autores

  • Ari Aloísio Justen Junior Universidade Federal de Santa Maria
  • Kelmara Mendes Vieira Universidade Federal de Santa Maria
  • Daniel Arruda Coronel Universidade Federal de Viçosa

Palavras-chave:

Mercados futuros, cointegração, soja

Resumo

O objetivo deste estudo é testar a eficiência dos mercados da soja no Brasil, por meio da análise de cointegração para preços spot e futuro, no período de outubro de 2004 a maio de 2010, utilizando os modelos Vetor de Correção de Erros (VEC) e Modelos Vetoriais de Correção de Erro com Threshold (TVEC). A verificação de qual o melhor modelo a ser adotado apontou o modelo TVEC com dois regimes. Com a determinação do parâmetro (threshold), verificou-se que, no regime 1, correspondente a 57,3% da amostra, as variações dos preços devem responder apenas às variações ocorridas em períodos passados (variáveis defasadas), ou seja, apenas às variações de curto prazo dos preços. Com relação ao regime 2, correspondente a 42,7% da amostra, além da influência das variáveis de curto prazo, os preços devem responder também a desvios do equilíbrio de longo prazo. Portanto, pode-se concluir que os mercados brasileiros de soja são eficientes no período estudado.

Downloads

Publicado

2013-10-24

Como Citar

JUSTEN JUNIOR, A. A.; VIEIRA, K. M.; CORONEL, D. A. EFICIÊNCIA DOS MERCADOS DA SOJA NO BRASIL (2004-2010). Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 15, n. 2, 2013. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/676. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos