PLANOS AGRÍCOLAS E PECUÁRIOS E SUAS IMPLICAÇÕES NA BOVINOCULTURA DE CORTE BRASILEIRA

Autores

  • Ana Carolina Veronico Coquemala Telles Universidade de São Paulo
  • Renato Telles Escola Superior de Propaganda e Marketing

Palavras-chave:

agronegócio, plano agrícola e pecuário, produtividade, investimento em agronegócio

Resumo

Nos últimos sete anos, os governos federais publicaram Planos Agrícolas e Pecuários (PAP’s) com o propósito de construir e funcionar como mecanismos de aperfeiçoamento da atividade agropecuária no Brasil. A importância do agronegócio para o país torna estudos consistentes sobre a efetividade desses planos particularmente relevantes. O presente trabalho propõe-se a (1) abordar comparativamente as especificidades dos PAP’s de 2000/2001 a 2005/2006, por meio de análise dos documentos oficiais divulgados pela União; (2) investigar prospectivamente dados de produtividade informados pelo IBGE/Embrapa; (3) apresentar, a partir de abordagem estatística simples e inferência, o efetivo desempenho da pecuária nos últimos seis anos; e (4) oferecer bases que auxiliem na formulação de hipóteses sobre a efetividade dos programas. Recalculou-se o índice de produtividade, considerando-se o avanço no descarte de matrizes desde 2001, concluindo-se pela presença de viés no indicador. O exame da produtividade, que emerge dessa perspectiva, resulta em desempenho positivo, mas inferior ao reconhecido. Os valores obtidos não apresentam robustez suficiente para independerem inequivocamente de variáveis ambientais, não sendo possível, assim, admitir-se que os PAP’s efetivamente fomentaram o resultado da cadeia produtiva bovina.

Downloads

Publicado

2011-04-04

Como Citar

TELLES, A. C. V. C.; TELLES, R. PLANOS AGRÍCOLAS E PECUÁRIOS E SUAS IMPLICAÇÕES NA BOVINOCULTURA DE CORTE BRASILEIRA. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 11, n. 1, 2011. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/65. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos