MUDANÇA INSTITUCIONAL E O IMPACTO NO PADRÃO TECNOLÓGICO: O CASO DA MECANIZAÇÃO DA COLHEITA DE CANA-DE-AÇÚCAR NO PARANÁ

Autores

  • Clarissa Pereira Junqueira Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Shirla Patricia Weber Sterchile Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Pery Francisco de Assis Shikida Universidade Estadual de Londrina

Palavras-chave:

Ambiente institucional, colheita mecanizada, Saccharum officinarum L.

Resumo

Um novo padrão tecnológico na produção de açúcar e álcool no Brasil está ocorrendo a partir de mudanças no ambiente institucional, mormente com a promulgação da Lei 11.241/2002 (SP), que limita a queima da cana e favorece a mecanização da colheita. Objetivou-se, neste artigo, fazer uma análise acerca das causas da adoção do padrão tecnológico da colheita mecanizada no setor sucroalcooleiro do Paraná, mediante pesquisa de campo (via entrevistas e questionários, aplicados durante o 2º semestre de 2007). Como resultado, tem-se que a mecanização da colheita de cana-de-açúcar no Paraná vem sendo adotada por pressões competitivas de mercado e induzida pela conjugação de alguns fatores: escassez de mão-de-obra no Estado; pressões ambientais e de mercados; mudança do padrão tecnológico e de custos imputado por São Paulo, líder do setor.

Downloads

Publicado

2011-04-04

Como Citar

JUNQUEIRA, C. P.; STERCHILE, S. P. W.; SHIKIDA, P. F. de A. MUDANÇA INSTITUCIONAL E O IMPACTO NO PADRÃO TECNOLÓGICO: O CASO DA MECANIZAÇÃO DA COLHEITA DE CANA-DE-AÇÚCAR NO PARANÁ. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 11, n. 1, 2011. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/63. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos