O CONSUMIDOR DE FRUTAS E VERDURAS ECOLOGICAS: HOMO EST TEMPERATUS

Autores

  • Gonzalo Días Meneses University of Las Palmas de Gran Canaria
  • Julia Nieves Rodríguez University of Las Palmas de Gran Canaria
  • Manuel Lópes Martel Consejo Regulador de la Agricultura Ecológica

Palavras-chave:

Compromisso, motivação, agricultura orgânica, consumidor, comunicação

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo estudar o modelo do compromisso do consumidor com as frutas e verduras ecológicas. Para isto, foi feito um trabalho empírico de 371 entrevistas com questionário estruturado que permitiu realizar uma análise tipo Path e multigrupos. Os resultados obtidos permitiram concluir que o nivel de motivação para o consumo de frutas e verduras ecológicas é de nivel médio, já que os motivos predominantes são os de segurança e o de auto-realização,assim como o padrão de vontade segue o pressuposto da teoria da aprendizagem inverso. Por outra parte, existe mais de um único modelo já que há diferenças em função do sexo e da renda dos consumidores. Por isto, trata-se de um trabalho heterodoxo e contraditório ao paradigma teórico dominante do qual são derivadas implicações práticas relevantes para as campanhas de comunicação entorno aos alimentos orgânicos.

Downloads

Publicado

2011-04-04

Como Citar

MENESES, G. D.; RODRÍGUEZ, J. N.; MARTEL, M. L. O CONSUMIDOR DE FRUTAS E VERDURAS ECOLOGICAS: HOMO EST TEMPERATUS. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 11, n. 1, 2011. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/61. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos