ANÁLISE DAS TRANSAÇÕES NA CADEIA PRODUTIVA DE ENERGIA DE BIOMASSA DE ORIGEM FLORESTAL

Flávio José Simioni, Vitor Afonso Hoeflich, Elisabete Stradiotto Siqueira

Resumo


O objetivo deste artigo foi analisar as características das transações entre os agentes econômicos, mapear seus atributos e verificar seus impactos sobre a estrutura de governança da cadeia produtiva de energia de biomassa de origem florestal na região de Lages/ SC. Utilizou-se como suporte teórico a Economia dos Custos de Transação (ECT). As informações foram obtidas por meio de entrevistas a quinze empresários ou diretores de empresas, visando à identificação e caracterização das transações entre os segmentos da cadeia e a análise da estrutura de governança adotada pelos agentes. O estudo teve como área de abrangência vinte e quatro municípios localizados na região. A análise das transações entre os agentes demonstrou a crescente busca pela realização de contratos, determinada, em grande parte, pela necessidade de garantia de suprimento de matéria-prima. Esta estrutura de governança tende a ser cada vez mais adotada pelos diferentes segmentos da cadeia produtiva, sobretudo, nas transações que envolvem os resíduos, seja pela maior procura destes para geração de energia ou pelo destino a usos mais nobres.

Palavras-chave


bioenergia; produção florestal; custos de transação

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

Organizações Rurais & Agroindustriais - Revista Eletrônica de Administração da UFLA

ISSN: 2238-6890 (edição on-line)


Universidade Federal de Lavras - UFLA - Departamento de Administração e Economia
Campus Universitário - Cx. Postal 37 - CEP 37200-000
Lavras - MG - Tel.: 35 3829 1441
Comentários e sugestões: revistadae@dae.ufla.br

Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados