A CONSOLIDAÇÃO DAS COMPETÊNCIAS ORGANIZACIONAIS NA VITIVINÍCULTURA BRASILEIRA: O CASO NA VINÍCOLA MIOLO

Rosemirtes Vasconcelos Martins Dolabella, Claudia Cristina Bitencourt

Resumo


Este artigo busca analisar a dinâmica da mobilização de recursos e competências organizacionais no intuito de consolidar as estratégiasdeliberadas de uma empresa do setor vitivinícola brasileiro. A relação entre estratégia e competências organizacionais é uma forma efetiva da organização trabalhar as suas intenções e prioridades no campo estratégico traduzindo-as em práticas e ações concretas que possam contribuir para um desempenho superior em diferentes mercados. Foi desenvolvido um estudo de caso exploratóriodescritivo, baseado em entrevistas semi-estruturadas com entidades setoriais, gestores e representantes da empresa. Os resultados encontrados revelaram que as competências da vinícola estão diretamente ligadas aos agentes que compõem a cadeia produtiva, evidenciando uma relação de interdependência e reciprocidade entre elas. Foram identificadas duas principais competências organizacionais: Gestão dos recursos ao longo da cadeia e Integração das atividades comerciais. A combinação dessas competências leva ao crescimento e diferenciação da empresa, bem como dificulta a imitação pela concorrência.

Palavras-chave


Competências organizacionais; recursos; dependência de trajetoria

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

Organizações Rurais & Agroindustriais - Revista Eletrônica de Administração da UFLA

ISSN: 2238-6890 (edição on-line)


Universidade Federal de Lavras - UFLA - Departamento de Administração e Economia
Campus Universitário - Cx. Postal 37 - CEP 37200-000
Lavras - MG - Tel.: 35 3829 1441
Comentários e sugestões: revistadae@dae.ufla.br

Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados