PERCEPÇÃO DE QUALIDADE NO PROCESSO PRODUTIVO DO LEITE: UM ESTUDO DE CASO NO RIO GRANDE DO SUL

  • Oinara Rubia Perin
  • Gabriel Morad Velloso Ferreira
  • Edson Talamini
Palavras-chave: Qualidade, cadeia produtiva do leite, IN51

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo analisar a percepção da qualidade do processo produtivo do leite nos elos da produção primária e indústria de uma cooperativa do Norte do Rio Grande do Sul (Cooproleite). Para isso, identificaram-se as características de conformidade da produção primária leiteira com base na IN 51 e analisou-se a variação entre a expectativa e a percepção destas características, na ótica da produção primária e indústria. O método de pesquisa utilizado foi o estudo de caso, sendo a população investigada constituída por 514 produtores associados ativos da cooperativa, da qual foi extraída uma amostra aleatória probabilística de 54 produtores, e as 2 indústrias com as quais comercializa o leite. Os resultados encontrados demonstram que a produção primária não atende as suas próprias expectativas nem a das indústrias, sendo que, na percepção da produção primária, a qualidade percebida mais baixa está nas características controle de brucelose e tuberculose, alimentação e refrigeração. Já as indústrias consideram os hábitos de higiene pessoal dos ordenhadores, eliminação dos primeiros jatos e a lavagem dos tetos dos animais, como as características de menor qualidade percebida. Pode-se concluir que as diferentes percepções entre os produtores e indústrias, dificultam o estabelecimento de melhorias e indicam a necessidade de uma melhor coordenação na cadeia.
Publicado
04-04-2011
Como Citar
PERIN, O.; FERREIRA, G.; TALAMINI, E. PERCEPÇÃO DE QUALIDADE NO PROCESSO PRODUTIVO DO LEITE: UM ESTUDO DE CASO NO RIO GRANDE DO SUL. Organizações Rurais & Agroindustriais, v. 11, n. 3, 4 abr. 2011.
Seção
Artigos