ANÁLISE DE CUSTOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COLHEITA FLORESTAL MECANIZADA

  • Marcos Antônio de Souza Professor do Curso de Mestrado em Ciências Contábeis da Unisinos
  • Charline Barbosa Pires Professora dos Cursos de Graduação em Ciências Contábeis e Administração da Unisinos
  • Fabiana Costa Silveira Professora dos Cursos de Graduação em Ciências Contábeis e Administração da Cesuca
Palavras-chave: Contabilidade florestal, gestão de custos, atividade florestal, mecanização florestal

Resumo

O estudo trata da classificação, mensuração e análise dos custos envolvidos na prestação de serviços de colheita florestal, mais especificamente das atividades de corte, descasque e extração de madeira para fabricação de celulose. Abordam-se as características do mercado desses serviços, bem como as fases do sistema de colheita florestal. Por meio da análise específica das atividades mecanizadas de corte, descasque e extração, são descritos os principais elementos de custos envolvidos na sua realização e a forma como esses se comportam em relação ao objeto de custeio. Propõe-se um modelo de apropriação dos custos incorridos que permite a mensuração do custo do m3 de madeira cortada, descascada e extraída mecanicamente, assim como a análise dos impactos da ineficiência da empresa e das características da floresta no custo final do serviço prestado e, conseqüentemente, no seu resultado. Trata-se de um estudo de caso único, desenvolvido durante o primeiro semestre de 2006, que utilizou como fontes de evidências a observação direta, entrevistas, documentações e registros em arquivos. Com base nos dados conclui-se que o modelo apresentado pode auxiliar na gestão econômica das empresas, oferecendo subsídios para o processo decisório sobre custos, controle de produtividade e negociação do preço de venda.
Publicado
20-09-2011
Seção
Artigos