ANÁLISE DE CONTEÚDO E ANÁLISE DE DISCURSO NAS CIÊNCIAS SOCIAIS

  • Mônica Carvalho Alves Cappelle
  • Marlene Catarina de Oliveira Lopes Melo
  • Carlos Alberto Gonçalves
Palavras-chave: análise de conteúdo, análise do discurso, ciências sociais

Resumo

A transformação de dados coletados, ainda no seu estado bruto, em resultados de pesquisa, envolve a utilização de determinados procedimentos para sistematizar, categorizar e tornar possível sua análise por parte do pesquisador. No caso específico da análise de comunicações, são exigidos mecanismos apropriados para encontrar em dados obtidos por meio de entrevistas, mensagens e documentos em geral, informações que ilustrem, expliquem ou ajudem a revelar os fenômenos investigados. Entre esses mecanismos, inserem-se a análise de conteúdo e a análise do discurso como propostas teórico-metodológicas, com a pretensão de ultrapassarem o status de simples técnicas de análise para comporem um campo do conhecimento. Diante desse fato, o presente texto foi elaborado com o objetivo de proporcionar uma melhor compreensão acerca do que constitui a análise de conteúdo e a análise do discurso, a fim de fornecer a pesquisadores alguns subsídios para sua adequada utilização. Para tanto, procurou-se abordar esses dois campos do conhecimento, primeiramente, fornecendo sua definição, contextualizando-os e relatando suas origens históricas. Em seguida, procurou-se tratar da utilização, operacionalização e organização de cada um, bem como de suas especificidades. Posteriormente, elaboraram-se algumas comparações entre a análise de conteúdo e a análise do discurso, visando a facilitar a compreensão do leitor. Por último, teceram-se algumas considerações finais que trataram das limitações deste trabalho no sentido de tentar abordar em um curto ensaio duas áreas do conhecimento sobre as quais existe uma vasta amplitude de estudos, publicações e pesquisas.
Publicado
18-04-2011
Como Citar
CAPPELLE, M.; MELO, M.; GONçALVES, C. ANÁLISE DE CONTEÚDO E ANÁLISE DE DISCURSO NAS CIÊNCIAS SOCIAIS. Organizações Rurais & Agroindustriais, v. 5, n. 1, 18 abr. 2011.
Seção
Artigos