EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DE SOJA EM GRÃOS: EVOLUÇÃO E CONSIDERAÇÕES SOBRE SEUS DETERMINANTES PARA O PERÍODO DE 1980–2001

  • Adelson Martins Figuieredo
  • Tania Araújo Silva
Palavras-chave: exportação, soja em grãos, MCE, Brasil

Resumo

Este trabalho apresenta os resultados da estimativa da função de exportação brasileira de soja em grãos para o período de 1980 a 2001. Especificamente, analisou-se a dinâmica das exportações desse produto dando ênfase à década de 1990, devido ao maior grau de abertura da economia brasileira e verificaram-se os impactos do câmbio flutuante sobre os determinantes das exportações do setor. O modelo proposto para estimar a função de exportação de soja em grãos foi o de Correção de Erros, que se mostrou bem ajustado às variáveis especificadas, obtendo-se as relações esperadas para os parâmetros estimados. As elasticidades obtidas foram altas e significativas, indicando que as exportações reagem às variações no preço externo, preço interno e renda interna. A taxa de câmbio também apresentou elasticidade significativa e positiva, mostrando que as recorrentes desvalorizações no período de câmbio flutuante incentivaram as exportações de soja em grãos.
Publicado
18-04-2011
Seção
Artigos