ÁGUAS NO RURAL DO SEMIÁRIDO MINEIRO:UMA ANÁLISE DAS INICIATIVAS PARA REGULARIZAR O ABASTECIMENTO EM JANUÁRIA

Vanessa Marzano Araújo, Eduardo Magalhães Ribeiro, Ricardo Pereira Reis

Resumo


Analisam-se, neste artigo, as iniciativas governamentais e não-governamentais para regularizar a oferta de água no município de Januária, no Alto-Médio São Francisco, semiárido mineiro. Partimos da avaliação do histórico relativo às políticas públicas na região, abordando as concepções de convívio e combate à seca com base em pesquisa qualitativa, estabelecendo roteiros de entrevistas que buscaram informações sobre as iniciativas identificadas nesse município. O artigo classifica as iniciativas quanto aos seus estilos, examinando também como se comportam quanto a parcerias, participação dos beneficiários, efetividade, critérios de distribuição, financiamentos, qualidade e quantidade de água ofertada. Os resultados do estudo indicam que há maior empenho por parte das organizações não-governamentais em buscar a participação dos beneficiários. Conclui-se, também, que nenhuma das iniciativas implementadas no município de Januária é capaz de atender plenamente à demanda por água para consumo doméstico e consumo produtivo das famílias rurais.


Palavras-chave


Rio São Francisco; recursos hídricos; extensão rural

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

Organizações Rurais & Agroindustriais - Revista Eletrônica de Administração da UFLA

ISSN: 2238-6890 (edição on-line)


Universidade Federal de Lavras - UFLA - Departamento de Administração e Economia
Campus Universitário - Cx. Postal 37 - CEP 37200-000
Lavras - MG - Tel.: 35 3829 1441
Comentários e sugestões: revistadae@dae.ufla.br

Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados