OS ALIMENTOS TRANSGÊNICOS NA AGRICULTURA BRASILEIRA: EVOLUÇÃO E PERSPECTIVAS

Gustavo Calixto Scoralick de Almeida, Wagner Moura Lamounier

Resumo


Os transgênicos são organismos ou culturas geneticamente modificados (OGMs) que contêm um gene que foi artificialmente inserido, em vez de adquirido naturalmente por polinização como são as culturas convencionais. A “nova agricultura”, baseada em produtos transgênicos, aponta para uma menor degradação dos solos e do meio ambiente, com redução dos custos de produção e dos preços finais para o consumidor. Todavia, seus efeitos sobre a saúde humana ainda são desconhecidos e, por esse mesmo motivo, diversas restrições a esse tipo de alimentos vêm sendo impostas. Nesse sentido, com este trabalho, objetivou-se ampliar a discussão sobre esse tipo de produto, investigando os possíveis impactos ambientais, econômicos e danos sobre o organismo humano. Conclui-se o trabalho apontando que essa tecnologia, com seu potencial de criar variedades de culturas comerciais economicamente importantes, é simplesmente muito valiosa para ser ignorada. Há, porém algumas preocupações e questões válidas. Para que essas questões sejam resolvidas com clareza, as decisões e análises deverão estar fundamentadas em informações com profundo embasamento científico.

Palavras-chave


alimentos transgênicos; produtividade agrícola; economia agrícola

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

Organizações Rurais & Agroindustriais - Revista Eletrônica de Administração da UFLA

ISSN: 2238-6890 (edição on-line)


Universidade Federal de Lavras - UFLA - Departamento de Administração e Economia
Campus Universitário - Cx. Postal 37 - CEP 37200-000
Lavras - MG - Tel.: 35 3829 1441
Comentários e sugestões: revistadae@dae.ufla.br

Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados