COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR PAULISTA DE PESCADO

  • Letícia Fernanda Baptiston Universidade de São Paulo https://orcid.org/0000-0003-0146-8329
  • Christiano França da Cunha Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
  • Thais da Silva Oliveira Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”
  • Dariane Beatriz Schoffen Enke Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”
Palavras-chave: Marketing, Segmentação, Recursos pesqueiros, Frequência do consumo

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi analisar o comportamento do consumidor paulista de pescado considerando os aspectos referentes ao hábito de consumo, atributos do produto e fatores sociodemográficos. Realizou-se coletas de dados junto aos consumidores do estado de São Paulo (aproximadamente dois meses), utilizando abordagem online (google docs) e entrevistas presenciais na região metropolitana de São Paulo, resultando em 323 unidades amostrais. Aplicou-se uma regressão de mínimos quadrados ordinários (MQO) e obteve-se os fatores que determinam a frequência média do consumo de pescado. Os resultados evidenciaram que o consumo de pescado ocorre em média 65 vezes ao ano, sendo prioritariamente realizada por homens e mulheres que não possuem crianças e moram sozinhos ou dividem a casa com poucas pessoas. Outro dado observado foi a respeito da necessidade do consumidor por produtos que forneçam maior valor agregado, como o filé de pescado embalado. Além disso, a variável religiosidade (sexta-feira santa e natal) mostrou ser um fator determinante na frequência do consumo anual deste produto. Portanto, sugere-se ao setor aquícola e pesqueiro o fornecimento do filé de pescado embalado, explorando os atributos extrínsecos ao produto, a implementação de campanhas de marketing visando ampliar a sua visibilidade do produto, bem como o desenvolvimento de produtos destinado ao público infantil. Todas as estratégias de marketing mencionadas, serão fundamentais para atender as necessidades ao mercado consumidor paulista que busca inovação nos produtos e ainda possui restrições culturais ao consumo.

Biografia do Autor

Letícia Fernanda Baptiston, Universidade de São Paulo
Bacharel em Engenharia de Pesca pela Unesp campus de Registro. Possuo experiência com bioeconomia aplicado aos ecossistemas ambientais, medidas para a conservação ambiental e desenvolvimento do turismo pesqueiro sustentável. Possuo bom entendimento sobre pesquisa de marketing estratégico, fatores que determinam o comportamento do consumidor de turismo e de consumo de pescado. Fui bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e estagiária do laboratório de gestão de pessoas e marketing da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP- Limeira).
Christiano França da Cunha, Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
Atualmente é professor de Marketing na graduação, Mestrado e Doutorado em Administração na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), campus Limeira, na Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA)
Thais da Silva Oliveira, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”
Engenharia de Pesca pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP (2017). Mestranda em Aquicultura no Centro de Aquicultura da Unesp, bolsista FAPESP (processo n 2019/06343-3).
Dariane Beatriz Schoffen Enke, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”
Graduada em Engenharia de Alimentos pela FURG (2001), com Mestrado em Engenharia e Ciência de Alimentos pela mesma universidade (2004), Doutorado em Ciências pela UFPEL (2008) e Pós-Doutorado em nutrição de espécies Aquícolas pela UFSC (2013). Atualmente, é Professora Assistente Doutora, no Campus Experimental de Registro - UNESP. Área de atuação é Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Aproveitamento de Subprodutos e Conservação de Alimentos, desenvolvendo pesquisas na área de tecnologia de aproveitamentos de resíduos agroindústrias para uso em formulação de ração animal, otimizando a produção de proteína de boa qualidade para alimentação humana.
Publicado
26-11-2020
Como Citar
BAPTISTON, L.; DA CUNHA, C.; OLIVEIRA, T.; SCHOFFEN ENKE, D. COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR PAULISTA DE PESCADO. Organizações Rurais & Agroindustriais, v. 21, n. 1-3, p. 161-172, 26 nov. 2020.