AS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DOS SETORES DO AGRONEGÓCIO: UMA ANÁLISE INSUMO–PRODUTO

Autores

  • Juliana Sampaio Mori Fundação Hermínio Ometto
  • Fernando da Silva Pereira Fundação Hermínio Ometto

Palavras-chave:

Produção setorial, Emprego, Valor Adicionado

Resumo

O presente estudo teve por objetivo estimar os impactos diretos, indiretos e induzidos das exportações dos setores do agronegócio sobre o valor da produção, valor adicionado e emprego, por meio da análise insumo-produto. Os resultados mostraram que os efeitos diretos, indiretos e induzidos sobre o valor da produção, valor adicionado e emprego de seus setores foram de 51,45%, 41,77% e 66,09%, respectivamente. Os efeitos induzidos predominaram nos impactos sobre a produção e valor adicionado. Entretanto, em relação aos impactos sobre o emprego, os efeitos diretos foram os mais relevantes. Observou-se ainda que as exportações do setor Agropecuário foram os que apresentaram os maiores impactos diretos, indiretos e induzidos no valor da produção, valor adicionado e empregos. O setor Comércio, por sua vez, apresentou os maiores efeitos indiretos e induzidos.

Biografia do Autor

Juliana Sampaio Mori, Fundação Hermínio Ometto

Possui gradação em Ciências Econômicas pela Universidade de São Paulo (2004) e mestrado em Economia pela Universidade de São Paulo (2008). Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Agrícola e atuando principalmente nos seguintes temas: mercado de trabalho e métodos quantitativos em economia. Professora da graduação dos cursos de Ciências Contábeis, Administração e Economia da FHO Uniararas - Centro Universitário Hermínio Ometto.

Fernando da Silva Pereira, Fundação Hermínio Ometto

Economista pela Universidade Estadual Paulista, UNESP. Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo, USP, Escola de Engenharia de São Carlos, EESC. Especialista em Planejamento, Implementação e Gestão para a Educação a Distância, Universidade Federal Fluminense, UFF. Foi Coordenador da Área de Gestão de Negócios para a Educação a Distância, da FHO Uniararas, sendo o Coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais (EaD) e Coordenador do curso de Bacharelado em Administração (EaD), da FHO Uniararas, até setembro de 2014. Atualmente é o Coordenador do Bacharelado em Ciências Econômicas da FHO Uniararas e também Coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Gestãoo Financeira e do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos, ambos na modalidade presencial. Na pós-graduação é o coordenador do MBA em Comércio Exterior.

Publicado

2020-08-18

Como Citar

MORI, J. S.; PEREIRA, F. da S. AS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DOS SETORES DO AGRONEGÓCIO: UMA ANÁLISE INSUMO–PRODUTO. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 20, n. 3 e 4, p. 155–169, 2020. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/1237. Acesso em: 23 out. 2021.