ANÁLISE DO PADRÃO DE CRESCIMENTO DO VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO COTONÍCOLA NO BRASIL ENTRE 1995 E 2015: UMA APLICAÇÃO DO MODELO SHIFT-SHARE

Autores

  • Nicole Rennó Castro Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - Esalq/USP.
  • Lucílio Rogério Aparecido Alves Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - Esalq/USP.
  • Fábio Francisco de Lima Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - Esalq/USP.
  • Gustavo Ferrarezi Giachini Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - Esalq/USP.

Resumo

Esta pesquisa analisou o padrão de crescimento do Valor Bruto da Produção (VBP) do algodão herbáceo para o Brasil e, mais especificamente, para seis estados relevantes no cenário da cotonicultura entre 1995 e 2015: Bahia, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás. Para mensurar a contribuição dos fatores que levaram à evolução observada e identificar os determinantes do crescimento, utilizou-se a metodologia de shift-share, com a decomposição de três efeitos: área, rendimento e preço. Os resultados do trabalho indicam um aumento do VBP explicado principalmente por ganhos de produtividade, com impacto relevante do novo perfil do produtor de algodão no Brasil, de caráter empresarial e com foco em ganhos produtivos e adoções tecnológicas. Considerado um cenário geral do período, o efeito área mostrou-se relativamente inexpressivo para o crescimento do VBP. Essa dinâmica decorreu do movimento de substituição observado no país, com forte redução em São Paulo e Paraná concomitante à expansão principalmente em Mato Grosso. Ainda em um cenário geral do Brasil, o efeito preço teve um papel predominantemente negativo sobre a expansão do VBP, indicando que, mesmo diante de menor remuneração, a cotonicultura nacional pôde elevar sua produção, resultado da busca contínua por maior eficiência e competitividade.

Biografia do Autor

Nicole Rennó Castro, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - Esalq/USP.

Doutoranda em Economia Aplicada pela ESALQ/USP. Pesquisadora da equipe macroeconômica do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA - ESALQ/USP).

Lucílio Rogério Aparecido Alves, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - Esalq/USP.

Professor doutor do Departamento de Economia, Administração e Sociologia da ESALQ/USP e pesquisador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA/ESALQ/USP).

Fábio Francisco de Lima, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - Esalq/USP.

Coordenador do Agronegócio do Portal Ciência do Solo, Pesquisador do CEPEA/ESALQ/USP, e mestrando em Administração pela ESALQ/USP.

Gustavo Ferrarezi Giachini, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - Esalq/USP.

Mestrando em Economia Aplicada pela ESALQ/USP. Pesquisador da equipe macroeconômica do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA - ESALQ/USP).

Downloads

Publicado

2018-10-30

Como Citar

CASTRO, N. R.; ALVES, L. R. A.; DE LIMA, F. F.; GIACHINI, G. F. ANÁLISE DO PADRÃO DE CRESCIMENTO DO VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO COTONÍCOLA NO BRASIL ENTRE 1995 E 2015: UMA APLICAÇÃO DO MODELO SHIFT-SHARE. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 19, n. 4, 2018. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/1235. Acesso em: 17 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos