A COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL ENTRE AGROPECUARISTAS, EXTENSIONISTAS E PESQUISADORES. O CASO DA PESQUISA, DIFUSÃO E ADOÇÃO DE TECNOLOGIAS REFERENTES AOS RECURSOS FORRAGEIROS NO SUL DO ESTADO DE MINAS GERAIS

  • Maria Auxliadora da Silveira
  • Luiz Carlos F. de Souza Oliveira
  • Júlio César Teixeira
  • Antônio Ricardo Evangelistas
  • Tarcísio de Moraes Gonçalves

Resumo

Este trabalho discute a comunicação interpessoal existente entre agropecuaristas, extensionistas e pesquisadores. O objeto de orientação são os recursos forrageiros: a difusão e adoção de novas tecnologias. A pesquisa desenvolveu-se no sul do Estado de Minas Gerais, envolvendo a Cooperativa Paulista, a EMATER, a Universidade Federal de Lavras – UFLA; a Empresa de Pesquisa Agropecuária- EPAMIG; a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiróz - ESALO e o Centro Nacional de Pesquisa em Gado de Leite - CNPGL/EMBRAPA.
Seção
Artigos