FOOD CONTAMINATED BY PESTICIDES: A BRAZILIAN SITUATION OVERVIEW

Autores

  • Eduardo Luiz Machado Instituto de Pesquisas Tecnológicas Universidade Federal de São Paulo
  • PRISCILA CRISTINI DOS SANTOS Instituto de Pesquisas Tecnológicas

Resumo

Consumidores estão ficando cada vez mais exigentes quanto a qualidade dos produtos, incluindo novas variáveis de decisão no
momento de sua compras. Informações a respeito de aspectos nutricionais e a utilização de pesticidas têm alterado a preferências dos
consumidores. As novas estratégias de informação emergiram em resposta às novas características comportamentais do consumidor
e às novas características de competição do mercado de alimentos. Essas estratégias privilegiam o uso de sinais de qualidade, como
rotulagem, rastreabilidade, certificação, nomes de marcas e adoção de padrões mínimos de qualidade. A principal característica do
mercado brasileiro é a falta de padrões mínimos e as assimetrias de informação fortes. O mercado de alimentos frescos é afetado
pelo uso indiscriminado de pesticidas. A análise das informações obtidas pelo Programa de Análise de Resíduos de Pesticidas em
Alimentos (PARA) encontrou uma situação muito preocupante no Brasil. O objetivo deste trabalho é trazer mais informações sobre
a contaminação de pesticidas nos mercados de alimentos frescos no Brasil. A Economia de Custos de Transação é adotada como
um marco teórico para examinar a coordenação entre os agentes na cadeia e buscar alternativas sustentáveis para reduzir o uso
excessivo de pesticidas na produção de alimentos.

Palavras-chave: Agricultura, Alimento, Saúde, Agrotóxico e meio Ambiente.

Downloads

Publicado

2017-12-15

Como Citar

MACHADO, E. L.; DOS SANTOS, P. C. FOOD CONTAMINATED BY PESTICIDES: A BRAZILIAN SITUATION OVERVIEW. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 19, n. 2, 2017. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/1151. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos