ÍNDICE E GRAU DE DESENVOLVIMENTO RURAL DOS MUNICÍPIOS PRODUTORES DE CANA-DE-AÇÚCAR DO CENTRO-OESTE BRASILEIRO

Autores

  • Graciela Cristine Oyamada Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Martin Airton Wissmann Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio - UNIOESTE, Campus de Toledo-PR.

Resumo

Neste artigo, objetivou-se apurar o Índice de Desenvolvimento Rural (IDR) dos municípios que produzem cana-de-açúcar na região Centro-Oeste e cotejar com as áreas que apresentam crescimento nesse cultivo. Como procedimento metodológico, para apurar o IDR, utilizou-se um conjunto de 15 variáveis secundárias de 308 municípios. A partir dessas variáveis, aplicou-se a Análise Fatorial para posterior apuração do índice bruto que serviu de base para a identificação do IDR. Para ampliar a discussão, a partir do Grau de Desenvolvimento Rural (GDR) promoveu-se o cotejamento com a intensidade de crescimento da área cultivada de cana-de-açúcar. Os resultados demonstraram que, entre os 308 municípios analisados, Rio Brilhante apresenta o maior IDR, seguido por Nova Alvorada do Sul, ambos do Estado de Mato Grosso do Sul. Entre os dez primeiros municípios com melhor IDR, estão quatro do Mato Grosso do Sul, quatro do Mato Grosso e somente dois de Goiás. Identificou-se que Goiás apresenta os piores resultados entre os três estados, pois dos dez últimos municípios com menor IDR, oito são daquele estado. Em relação aos resultados observados a partir do cotejamento entre a intensidade do crescimento do cultivo de cana-de-açúcar e o GDR, observou-se que há relação significativa entre aumento do crescimento da área plantada com os melhores Índices de Desenvolvimento Rural.

Biografia do Autor

Graciela Cristine Oyamada, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Campus de Toledo. Graduação em Economia pela Faculdade de Economia-UFMT, e mestrado em Agronegócios e Desenvolvimento Regional da Universidade Federal de Mato Grosso.

Martin Airton Wissmann, Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio - UNIOESTE, Campus de Toledo-PR.

Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (1990) e mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002). É Doutorando do Programa de Desenvolvimento Regional e Agronegócio na Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Atualmente é Professor efetivo da Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná no curso de Ciências Contábeis. Atua como professor de graduação e pós-graduação. Tem como principais áreas de pesquisa: Responsabilidade Social e Sustentabilidade; Evidenciação das Ações Socialmente Responsáveis; Desenvolvimento Econômico; Contabilidade Gerencial; e Controladoria.

Downloads

Publicado

2018-10-30

Como Citar

OYAMADA, G. C.; WISSMANN, M. A. ÍNDICE E GRAU DE DESENVOLVIMENTO RURAL DOS MUNICÍPIOS PRODUTORES DE CANA-DE-AÇÚCAR DO CENTRO-OESTE BRASILEIRO. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 19, n. 4, 2018. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/1096. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos