ANÁLISE DAS ESTRUTURAS DE GOVERNANÇA DE COMPRA DE LARANJA DOS MAIORES PACKING HOUSES NO ESTADO DE SÃO PAULO: UM ESTUDO MULTICASOS SOBRE ARRANJOS HÍBRIDOS.

Luiz Fernando Paulillo, Marcelo Costa Neves, Marcelo Costa Neves

Resumo


Objetivou-se, neste trabalho, mostrar, através de um estudo multicasos, no estado de São Paulo, as principais estruturas de coordenação
de negócios, utilizadas pelos maiores packing houses paulistas de laranja, para a compra da fruta de citricultores. Utilizando-se da
abordagem de economia institucional, o trabalho analisa os processos de coordenação de compra da laranja dos seis maiores packing
houses paulistas de laranja, localizados em diferentes regiões do cinturão citrícola do estado de São Paulo. Verifica-se que a estrutura
de governança mais representativa na compra de laranja é a forma híbrida ou contratual, em que os contratos são complementados
pela reputação e, em regiões com maior concorrência pela compra de laranja, também por arranjos caracterizados como redes
relacionais, que são mais flexíveis, não formalizadas e de maior complexidade que a simples contratação formal.


Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

Organizações Rurais & Agroindustriais - Revista Eletrônica de Administração da UFLA

ISSN: 2238-6890 (edição on-line)


Universidade Federal de Lavras - UFLA - Departamento de Administração e Economia
Campus Universitário - Cx. Postal 37 - CEP 37200-000
Lavras - MG - Tel.: 35 3829 1441
Comentários e sugestões: revistadae@dae.ufla.br

Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados