ANÁLISE DAS ESTRUTURAS DE GOVERNANÇA DE COMPRA DE LARANJA DOS MAIORES PACKING HOUSES NO ESTADO DE SÃO PAULO: UM ESTUDO MULTICASOS SOBRE ARRANJOS HÍBRIDOS.

Autores

  • Luiz Fernando Paulillo UFLA
  • Marcelo Costa Neves
  • Marcelo Costa Neves

Resumo

Objetivou-se, neste trabalho, mostrar, através de um estudo multicasos, no estado de São Paulo, as principais estruturas de coordenação
de negócios, utilizadas pelos maiores packing houses paulistas de laranja, para a compra da fruta de citricultores. Utilizando-se da
abordagem de economia institucional, o trabalho analisa os processos de coordenação de compra da laranja dos seis maiores packing
houses paulistas de laranja, localizados em diferentes regiões do cinturão citrícola do estado de São Paulo. Verifica-se que a estrutura
de governança mais representativa na compra de laranja é a forma híbrida ou contratual, em que os contratos são complementados
pela reputação e, em regiões com maior concorrência pela compra de laranja, também por arranjos caracterizados como redes
relacionais, que são mais flexíveis, não formalizadas e de maior complexidade que a simples contratação formal.

Palavras-Chave: Citricultura, negociação, mercado, estratégia, contrato.

Downloads

Publicado

2016-03-18

Como Citar

PAULILLO, L. F.; NEVES, M. C.; NEVES, M. C. ANÁLISE DAS ESTRUTURAS DE GOVERNANÇA DE COMPRA DE LARANJA DOS MAIORES PACKING HOUSES NO ESTADO DE SÃO PAULO: UM ESTUDO MULTICASOS SOBRE ARRANJOS HÍBRIDOS. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 17, n. 4, 2016. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/1087. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos