RELACIONAMENTOS DE MERCADO E PARCERIAS DE LONGO PRAZO SOB A ÓTICA DA FORMAÇÃO DE VALOR: O CASO DA CADEIA PRODUTIVA DO LEITE NO RIO GRANDE DO SUL

Autores

  • Heron Sérgio Moreira Begnis UFLA
  • Eugênio Avila Pedroso
  • Vânia de Fátima Barros Estivalete

Resumo

Este trabalho resultou de uma pesquisa sobre o processo de formação de valor que constitui a base sobre a qual se articulam os
relacionamentos interorganizacionais presentes nas cadeias produtivas agronegociais. Elas, por sua vez, compõem-se de diferentes
organizações unidas por um componente relacional ainda não muito bem explicado pelas abordagens existentes. O objetivo central
consiste na busca de um maior entendimento de como se estabelece o processo de construção de relacionamentos interorganizacionais
sob a ótica da formação valor. A pesquisa desenvolveu-se na cadeia produtiva do leite no Rio Grande do Sul. Como resultado,
destaca-se que os relacionamentos de mercado diferem das parcerias de longo prazo, formadas no interior da cadeia produtiva do
leite, quanto à atuação de elementos de valor transacional e relacional; os primeiros são mais significativos nos relacionamentos
de mercado e os elementos de valor relacional constituem a base das parcerias de longo prazo.

Palavras-chave: Relacionamentos interorganizacionais, valor relacional, confiança.

Downloads

Publicado

2016-03-18

Como Citar

BEGNIS, H. S. M.; PEDROSO, E. A.; ESTIVALETE, V. de F. B. RELACIONAMENTOS DE MERCADO E PARCERIAS DE LONGO PRAZO SOB A ÓTICA DA FORMAÇÃO DE VALOR: O CASO DA CADEIA PRODUTIVA DO LEITE NO RIO GRANDE DO SUL. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 17, n. 4, 2016. Disponível em: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/1086. Acesso em: 17 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos