A ORGANIZAÇÃO ASSOCIATIVA NO SETOR APÍCOLA: CONTRIBUIÇÕES E POTENCIALIDADES

  • Letícia Lengler
  • Adriano Lago
  • Daniel Arruda Coronel
Palavras-chave: organização associativa, setor apícola, desenvolvimento, mercado

Resumo

Neste artigo propõe-se a discussão sobre cooperação e a organização associativa, seus benefícios, os principais entraves para uma maior consolidação dessa forma de organização e o conseqüente salto de desenvolvimento do setor apícola. Objetiva-se, assim, analisar se o associativismo apícola possui relevância à capacidade de articulação e desenvolvimento do setor. Para responder a esse objetivo, na pesquisa, utilizaram-se entrevistas não estruturadas com representantes da Confederação Brasileira de Apicultura (CBA), da Federação Apícola do Rio Grande do Sul (FARGS), de associações apícolas e com especialistas da área. Procurou-se abordar a relevância da atividade apícola, seu histórico e contribuições para o desenvolvimento do agronegócio, tratando não só da problemática do mercado externo diante dos embargos, mas também dos problemas internos de consumo e de comercialização dos produtos apícolas. Foi possível constatar que, mesmo que o associativismo apresente problemas que necessitam ser superados, como a falta de comprometimento e oportunismo de alguns associados em relação à organização associativa, o grupo percebe a força da coletividade que possui, sendo capaz de articular o setor na busca do seu desenvolvimento, assim como do mercado potencial.
Publicado
08-04-2011
Seção
Artigos