O DESAFIO DA ESTRUTURAÇÃO DA CADEIA PRODUTIVA DO AMENDOIM NO SEMIÁRIDO DO NORDESTE

Daniel Franco Goulart, Raul Porfirio de Almeida, Kallienny Costa Resende, Fernando Antônio Melo da Costa, José Renato Cortez Bezerra

Resumo


A produção de amendoim no Brasil é fortemente concentrada no Estado de São Paulo. O potencial de consumo do Nordeste Brasileiro
desperta o interesse em entender as possibilidades de se fortalecer a cadeia produtiva para este produto na região. Objetivou-se neste artigo
descrever a cadeia produtiva do amendoim na região do reservatório de Itaparica (conhecido como Sistema Itaparica) entre os Estados de
Pernambuco e Bahia, e trazer propostas que venham a auxiliar o produtor rural local no fortalecimento da sua posição dentro desta cadeia.
Trata-se de um artigo qualitativo baseado em dados primários, utilizando-se de observação participativa e entrevistas não estruturadas
como ferramentas de coleta de dados. Este trabalho é resultado do projeto de pesquisa “Sistema de Produção de Amendoim no Vale do
São Francisco”, liderado pela Embrapa Algodão e Noble Agri. Verifica-se que a cadeia está atualmente dedicada à comercialização do
chamado amendoim verde em pequena escala e baseado em um sistema de produção rudimentar. Fortalecer a cadeia é fundamental para
que ela possa entregar uma variedade maior de produtos in natura e processados e em volumes e frequência superiores aos atuais. Para
tanto, quatro ações são sugeridas nos campos da tecnologia de produção, financiamentos, logística e associativismo/cooperativismo.


Palavras-chave


cadeia produtiva; amendoim; comercialização

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

Organizações Rurais & Agroindustriais - Revista Eletrônica de Administração da UFLA

ISSN: 2238-6890 (edição on-line)


Universidade Federal de Lavras - UFLA - Departamento de Administração e Economia
Campus Universitário - Cx. Postal 37 - CEP 37200-000
Lavras - MG - Tel.: 35 3829 1441
Comentários e sugestões: revistadae@dae.ufla.br

Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados