ANÁLISE ECONÔMICA DA PRODUÇÃO DE FRANGOS DE CORTE SOB CONTRATOS DE INTEGRAÇÃO EM PEQUENAS UNIDADES FAMILIARES

Edgard Onoda Luiz Caldas, Leonardo José Camargos Lara, Paula Costa Cardeal

Resumo


Objetivou-se, com esta pesquisa, analisar a viabilidade econômica da produção de frangos de corte, sob contratos de integração.
Estudos de casos múltiplos foram utilizados para determinar a situação econômica da atividade desenvolvida por produtores rurais
nos estados de Minas Gerais e São Paulo. Dados referentes a indicadores zootécnicos, custos e receitas foram coletados durante 18
meses, a cada ciclo de produção, em seis propriedades localizadas em Prados – MG e em duas propriedades em Pratânia – SP. Análises
econômicas foram realizadas com base na média de sete ciclos de produção para cada uma das granjas, perfazendo um total de 56
lotes avaliados na pesquisa. Os resultados encontrados demonstram que, dentre os oito produtores analisados nesta pesquisa, o melhor
resultado econômico não foi obtido por aquele que apresentou o maior índice de eficiência produtiva, menor custo de produção ou
maior receita total. O sucesso econômico deste produtor deveu-se ao intrincado equilíbrio entre o desempenho produtivo das aves,
custos de produção e receitas geradas na atividade. Ademais, constatou-se que a atividade avícola de corte é altamente dependente
de receitas secundárias ao processo de produção por meio da venda de cama de frango, sem qual a atividade se tornaria inviável,
em médio e longo prazos, para a maioria dos produtores.


Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

Organizações Rurais & Agroindustriais - Revista Eletrônica de Administração da UFLA

ISSN: 2238-6890 (edição on-line)


Universidade Federal de Lavras - UFLA - Departamento de Administração e Economia
Campus Universitário - Cx. Postal 37 - CEP 37200-000
Lavras - MG - Tel.: 35 3829 1441
Comentários e sugestões: revistadae@dae.ufla.br

Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados